Falta de irrigação: quais os efeitos e como reverter este problema

Falta de irrigação

A falta de irrigação pode ter efeitos catastróficos em suas plantações e, até mesmo, no cultivo de pastagem para criação de animais. É claro que em regiões que sofrem com a seca esses danos são mais claros, mas, saiba que nenhuma propriedade está 100% garantida de não sofrer com problemas climáticos relacionados à falta de água.

Por conta disso, a irrigação é crucial para levar mais segurança e produtividade, especialmente aos pequenos produtores. Entenda:

Qual o impacto da falta de água em cultivos e pastagens?

A falta de água pode ter um impacto significativo nos cultivos e pastagens. Isso porque, obviamente, a água é essencial para o crescimento saudável das plantas e para a produção de alimentos.

Sendo assim, quando há escassez por falta do recurso, várias consequências podem ocorrer, como:

👉 Redução da produtividade: pode resultar em uma diminuição significativa na produtividade dos cultivos e pastagens.

👉 Murchamento e morte: esse recurso é essencial para a turgescência das células das plantas, sendo assim, quando a água é escassa, as plantas começam a murchar e, se a falta persistir, podem secar e morrer.

👉 Aumento do estresse hídrico: esse fator torna as plantas mais suscetíveis a doenças, pragas e condições climáticas extremas.

👉 Impacto na qualidade dos alimentos: a falta de água durante o crescimento dos cultivos pode afetar a qualidade dos alimentos produzidos. Por exemplo, a escassez de água em cultivos como frutas e hortaliças causa a produção de frutos menores, menos suculentos e com baixo teor nutricional.

👉 Escassez de alimentos para animais: por fim, afeta também as pastagens, causando uma redução na disponibilidade de forragem para o gado e outros animais.

E o impacto na qualidade do solo?

A falta de água também pode tem um impacto bem significativo nos aspectos e qualidade do solo do cultivo ou da pastagem.

Por exemplo, a água desempenha um papel crucial na manutenção das propriedades físicas, químicas e biológicas da terra, ou seja, na falta dela, podem ocorrer os seguinte problemas:

  • Compactação do solo: afeta a infiltração de água, a penetração de raízes e a disponibilidade de oxigênio para as plantas.
  • Erosão do solo: remove a camada fértil da terra, diminuindo sua capacidade de sustentar o crescimento das plantas.
  • Acúmulo de sais: a salinidade excessiva afeta negativamente o crescimento das plantas e reduz a disponibilidade de nutrientes.
  • Redução da matéria orgânica: diminuição na fertilidade do solo e na disponibilidade de nutrientes para as plantas.

Então, como escolher o modelo ideal de irrigação?

Como estamos falando de um modelo mais indicado de irrigação para pequenos produtores, a nossa dica é aderir ao Irrigat, um sistema que funciona através de um carretel enrolador.

Em suma, o carretel de irrigação apresenta uma relação custo-benefício ótima, pois é altamente adaptável e incrivelmente fácil de usar. Não são necessárias construções ou alterações estruturais na propriedade para utilizar e a manutenção também é simples.

Com o Irrigat, você verá um retorno rápido, pois o uso diário dele contribui para o desenvolvimento saudável das plantas.

Além disso, ao contrário dos sistemas de irrigação localizados, os equipamentos da Irrigat podem ser utilizados em diferentes áreas da propriedade. Isso porque o carretel não é fixo e não requer a instalação de tubulações, o que torna o manejo da lavoura mais organizado e facilita a produção e a mobilidade.

Conheça mais sobre essa opção em nosso site!

Banner Blog 720x180 3