fbpx

Penetração de raízes: como tornar o solo favorável

Penetração de raízes

A resistência do solo para a penetração de raízes é uma das principais vilãs para a germinação da semente e o enraizamento da planta nos estágios iniciais de desenvolvimento. Por isso, antes da semeadura, devemos estar atentos a algumas questões importantes.

Sabendo desse problema, hoje vamos trazer informações porque isso acontece, suas causas e como evitá-lo. Todo o conhecimento aqui será explanado da maneira mais direta possível, a fim de tornar a prática mais efetiva para você.

Causa do solo resistente a penetração de raízes

Também chamado de compactação do solo, esse é um problema em várias lavouras e plantações em todo nosso país, em vista da má utilização do maquinário pesado.

Isso porque o peso do maquinário dificulta o translado de ar e água para a raiz da planta, o que a impede de ter um desenvolvimento pleno.

As principais característica de um solo dificultador da penetração de raízes, são:

  • Dificuldade da infiltração da água no solo;
  • Folhas com coloração opaca ou fora dos padrões considerados saudáveis;
  • raízes deficientes ou deformadas;
  • presença de crostas e zonas endurecidas sob o solo.

Há também equipamentos específicos que realizam um tipo de diagnóstico do solo, esse equipamento é o penetrômetro.

Como corrigir esse problema

Bom, aqui temos duas grandes dicas que são muito interessantes para corrigir este tipo de problema.

O primeiro é o uso de um maquinário chamado subsolador e/ou outro chamado escarificador. Em suma, são máquinas que irão remexer a terra fazendo a descompactação, permitindo que água e ar entrem novamente pela terra.

Por segundo, a ideia seria utilizar uma pastagem de cobertura, a fim de diminuir a resistência do solo, pois as raízes das culturas de pasto facilitam a entrada de ar e água pela terra.

Como evitar a dificuldade da penetração de raízes

Bom, para encerrar a nossa abordagem, acredito que a prevenção seja o assunto mais interessante, pois o mesmo irá evitar muitas dores de cabeça futuramente.

Dito isso, dentre algumas dicas, podemos citar a diminuição do tráfego de maquinários na área plantada, utilização de adubação verde e plantio direto.

Observação: por isso a importância, também, de um sistema de irrigação de área livre, como os carretéis autopropelidos.

E já que falamos em irrigação, a principal dica é apostar nessa prática. Esse procedimento permite que o solo tenha maiores taxas de fertilidade e de água. Tudo isso contribui para uma menor incidência de compactação de solo.

Conclusão

Tenha sempre em mente que a melhor forma de garantir que a sua cultura não enfrente problemas com a penetração de raízes é promovendo práticas de prevenção. Em suma, siga os principais cuidados:

  • se atentar ao uso de maquinário pesado;
  • ter uma boa irrigação e não depender somente das chuvas;
  • fazer o plantio de pastagem no solo que receberá o cultivo;
  • pensar em rotação de culturas também é interessante!