fbpx

Pecuária intensiva e extensiva: entenda as diferenças

Conheça as principais diferenças entre pecuaria intensiva e extensiva

Para quem trabalha com a criação de gado, ou ainda para quem está começando, é muito importante saber a diferença entre os dois sistemas produtivos desse segmento no Brasil, para entender quais suas vantagens e qual se aplicará melhor em sua propriedade.

Por isso, trouxemos para você a diferença entre a pecuária intensiva e a pecuária extensiva, além das vantagens de cada uma para que seu sistema de criação seja o mais lucrativo possível! Pois a forma como cada estratégia é desenvolvida implica diretamente nos resultados.

Pecuária intensiva

A pecuária intensiva é o método de criação de bovinos em uma área pequena, ou seja, com a forte presença do confinamento ou semiconfinamento dos animais. Mas apesar de precisar de pouco espaço, este método exige um alto investimento com tecnologia, usando de inseminação artificial e melhoramento genético; alimentação balanceada para a rápida engorda e acompanhamento veterinário frequente devido ao confinamento.

Este sistema é indicado para aqueles que possuem condições financeiras que possibilitem um alto investimento. Devido ao confinamento e semiconfinamento, as estratégias nutricionais são bastante avançadas e se unem às demais técnicas para impulsionar a produtividade do rebanho. Da mesma forma, os métodos de preparo, irrigação do solo e cultivo de forrageiras também são avançados e a exploração desse recurso se dá por muito tempo com o cuidado correto.

Para um bom desempenho dos animais, deve-se investir em uma ração bem balanceada, silagem ou pasto de qualidade, melhorando o ganho de peso dos animais, bem como o rendimento da carcaça no período de terminação.

A produção de semiconfinamento conta com o melhoramento do uso da pastagem, bem como possibilita o alcance da taxa ótima de lotação com o melhor ganho de peso e rentabilidade por hectare.

A principal vantagem da pecuária intensiva é, sem dúvidas, os elevados índices de produtividade alcançados dentro de um espaço pequeno e com o uso de pouca mão de obra, possibilitando um maior controle das etapas da produção.

Pecuária extensiva

Já a pecuária extensiva é o oposto da anterior. Ela consiste na criação de gado dentro de grandes pastagens e a alimentação dos animais é basicamente pasto. Sua principal vantagem é que não necessita de tantos investimentos quanto a pecuária intensiva, porém contar com um bom sistema de irrigação de pastagem ajuda a melhorar a produtividade e a mantê-la nos períodos de estiagem.

Por precisar de pouco investimento, este sistema é o mais popular no Brasil e é ideal para latifundiários e criações familiares. Os animais destas propriedades geralmente são para corte, pois precisam de mais espaço e maior liberdade.

Mas como melhorar a pastagem para essas práticas?

Vimos que tanto a pecuária intensiva quanto a pecuária extensiva contam com o auxílio da pastagem, seja em menor quantidade ou maior. Por isso é preciso contar com sistemas de irrigação que garantam um pasto sempre em bom estado.

Pensando nisso, a IRRIGAT te oferece as melhores soluções em irrigação de pastagens! Entre em nosso site, veja agora mesmo e faça um orçamento para sua propriedade.

Gostou dessas dicas? Venha conferir mais algumas em nosso blog! Veja como fazer o planejamento de pastagem irrigada.