fbpx

Saiba porque vale a pena investir na irrigação de pastagem

Saiba porque vale a pena investir na irrigação de pastagem 

Saiba porque vale a pena investir na irrigação de pastagem

A irrigação de pastagem é uma forma a partir da qual os produtores rurais mantêm os níveis de produção mesmo durante a seca. A principal função dessa técnica é substituir as chuvas e, consequentemente, conservar a produção de alimentação do rebanho o ano inteiro. 

Se essa técnica é bem planejada, os criadores de gado de corte e de leite são beneficiados. Entenda as principais vantagens de contar com um sistema de irrigação de pastagem. 

5 principais benefícios da irrigação de pastagem

A irrigação de pastagem proporciona ao pecuarista a otimização do trabalho no campo e a redução de custos com alimentação complementar, trabalhadores e maquinário. Entenda melhor nos próximos tópicos. 

1 – Produção de alimento o ano inteiro 

O Brasil é um país com clima muito instável. Por aqui, é comum, por exemplo, chover em épocas de seca e vice-versa. Mesmo as regiões com bons índices pluviométricos sofrem com irregularidades de chuva. 

Além disso, os períodos de seca prolongada se estendem mais a cada ano no país, o que prejudica os agricultores e os criadores rurais. Essa variação deixa o empresário agrícola receoso quanto ao volume e ao período esperado de chuva. 

Um pasto irrigado é importante para garantir a produção de alimento para o gado, independentemente da chuva natural. As plantas forrageiras são extremamente sensíveis aos climas secos e, na falta de chuvas, podem morrer facilmente. 

2 – Redução de custos com alimentação suplementar 

Entre as principais vantagens, a irrigação de pastagem garante a redução de custos com a compra de alimentação suplementar. Isso porque um pasto saudável produz uma quantidade suficiente para alimentar o gado, com boa qualidade. 

Então, o produtor agrícola pode aumentar a lotação do rebanho e sustentar mais de dez cabeças por hectare. Logo, a redução de custos acarretará aumento da lucratividade da criação. 

3 – Facilita a adubação do solo

Além de rega, o pasto necessita de adubação correta para ficar saudável e garantir a produção de alimento. Essas duas atividades agrícolas podem ser feitas em conjunto, por meio de um projeto de irrigação de pastagem que contemple a fertirrigação. 

A fertirrigação consiste na dissolução de fertilizantes, pesticidas, herbicidas e outros insumos agrícolas por meio da água utilizada na irrigação. Essa técnica proporciona diversos benefícios para o criador: reduz a de mão de obra, evita a compactação do solo ao diminuir o trânsito de máquinas e otimiza o tempo de trabalho no campo. 

4 – Manejo eficiente da irrigação 

Alguns métodos usados para regar o pasto, como a irrigação por aspersão para pastagem, atendem às necessidades hídricas da cultura e garantem o crescimento saudável da pastagem por igual. 

Isso acontece devido à facilidade de irrigação proporcionada por esse tipo de sistema, que garante ao agricultor a movimentação do equipamento no terreno e a irrigação de toda a área uniformemente. 

5 – Redução do tempo de trabalho

Conforme o tamanho do rebanho, serão necessárias muitas horas de trabalho e mão de obra para realizar a alimentação dos animais ao longo do dia, caso o agricultor não tenha um pasto à disposição. Consequentemente, isso acarretará gastos para o criador. 

Esse problema é facilmente resolvido por meio de um sistema de irrigação de pastagem. Com um pasto rico e saudável, basta soltar o rebanho nos períodos determinados do dia para os animais se alimentarem.

Como fazer irrigação de pastagens?

Para quem tem dúvidas sobre como fazer irrigação de pastagens, a primeira medida é a escolha do sistema. Isso depende do tamanho da propriedade, do clima da região, da disponibilidade de água, das características topográficas, do orçamento disponível para o investimento, entre outros fatores.  

No Brasil, os dois métodos de irrigação de pastagem mais utilizados são o pivô central e os sistemas de aspersão convencional. Cada um apresenta vantagens e desvantagens, além de servirem para diferentes perfis de criadores.

O pivô central é um sistema que utiliza uma linha lateral suspensa por torres, recomendada para grandes pastagens (acima de 20 hectares). A economia de mão de obra está entre as principais vantagens desse método de irrigação. Entretanto, ele resulta em uma maior dificuldade para aumentar a área irrigada. 

A aspersão convencional é voltada para pequenos e médios criadores. Nesse modelo, destaca-se a irrigação por aspersão feita com o carretel enrolador. Esse equipamento é composto por mangueira, motobomba e canhão aspersor para irrigação de pastagem.

Entre as vantagens, o carretel de irrigação dispensa a necessidade de adaptações no terreno e pode ser manuseado pelo pasto facilmente. A maior desvantagem reside na dificuldade de molhar uniformemente áreas com grandes culturas. Entretanto, isso depende do alcance de irrigação do equipamento.

Dicas para fazer a irrigação de pastagem de forma eficiente

Além de escolher o sistema de irrigação de pastagem correta, é necessário ter alguns cuidados para realizar corretamente essa atividade tão importante para a bovinocultura:

  • nutra o solo corretamente, por meio da adubação. Isso é fundamental;
  • evite realizar a irrigação de pastagem com o solo úmido;
  • realize o cálculo correto da água para a irrigação da pastagem. Assim, você evita perdas por lixiviação;
  • conheça as características climáticas da região da pastagem;
  • estude as necessidades hídricas da planta forrageira da pastagem antes de começar a irrigação. 

A irrigação de pastagem proporciona uma criação mais lucrativa e otimizada. Se você trabalha com bovinocultura, conheça os sistemas de irrigação por carretel da IRRIGAT, voltados para pequenos e médios produtores e criadores rurais. 

O IRRIGAT (até 12 hectares) e o IRRIGATINHO (até 5 hectares) podem ser usados facilmente para a irrigação de pastagem. Assim, garantem a produção de alimento para o rebanho o ano inteiro, com um bom custo-benefício. 

Os dois equipamentos se adaptam a qualquer tipo de solo e são de simples instalação e manutenção. Além disso, são fáceis de mover pelo terreno e garantem um manejo adequado e eficiente da irrigação. Entre no site e solicite um orçamento para a sua propriedade.