fbpx

4 benefícios da irrigação de cana-de-açúcar

Irrigação de cana-de-açúcar

A irrigação de cana-de-açúcar também se tornou um recurso indispensável, seja qual for a situação do produtor.

Aqueles que enfrentam situações climáticas mais agressivas, contam 100% com a irrigação para dar conta das necessidades hídricas da planta. Por outro lado, alguns a utilizam como solução complementar.

Hoje, vamos mostrar todos os benefícios de irrigar canaviais e necessidades diferentes para a quantidade de água envolvida.

Benefícios de irrigar canaviais

1 – Produtividade: podemos citar como preponderante o aumento da produtividade da cana-de-açúcar. A quantidade de água correta permite um crescimento saudável do caule, o que melhora a qualidade do cultivo.

2 – Vida útil: outro benefício a ser citado é a longevidade do canavial, principalmente se tratando do manejo por irrigação de salvamento — que falaremos na sequência —, pois a água na quantidade correta favorece o crescimento do caule após seu corte, tendo um ciclo renovado.

3 – Segurança: o produtor não fica refém de perder sua produtividade por qualquer problema externo que seja, como seca, geada, estiagem, entre outros. Assim como a questão da longevidade e aumento da produção também são fatores que aumentam a segurança desse negócio.

4 – Investimento: não é uma cultura que necessite de um sistema de irrigação específico. Por isso, pode tranquilamente contar com alternativas mais acessíveis, como a irrigação autopropelida por carretel.

Esse sistema é interessante pois não demanda grandes obras para a sua instalação, além de ser fácil e prático de operar e realizar as manutenções.

Tipo de irrigação de cana-de-açúcar

Agora, vale conhecer os tipos de irrigação usadas para irrigar os canaviais. Nesse caso, não estamos falando dos sistemas em si, já que a escolha fica a cargo do produtor. O que iremos mostrar são as condições x quantidade de água a ser utilizada.

Veja:

Irrigação total

A irrigação total é a mais básica e para tanto a mais utilizada. Consiste na disponibilização total da quantidade de água necessária para o pleno desenvolvimento da cultura através do sistema de irrigação.

Muito utilizada quando o canavial não tem uma fonte de água próxima e em regiões em que há muita escassez hídrica e clima mais seco.

Irrigação suplementar

Consiste na complementação da quantidade de água necessária. Ou seja, para regiões em que chove muito e a irrigação se faz necessária apenas em períodos específicos. Ou quando o solo do canavial já é mais úmido por natureza — por conta de alguma fonte de água próxima, por exemplo.

Irrigação de salvação: dentro da suplementação, ainda temos a chamada “salvação”, muito usada em canaviais, justamente pela questão do corte da cana e renovação da planta.

Ou seja, esse manejo peculiar é posto em prática em períodos curtos, em determinados estágios de crescimento da cana. Podemos dizer que é uma irrigação de manutenção, dando o que a planta precisa apenas no período certo.

Conclusão

Mesmo que sua região tenha bons ciclos de chuva, ainda assim é importante fazer um complemento hídrico ao canavial através da irrigação. É o que dará mais longevidade ao cultivo, além de que a quantidade certa de água deixa a planta mais forte e robusta — em outras palavras, melhora sua produtividade.