fbpx

Entenda como calcular volume de água para irrigação

Irrigação de um campo aberto

Entender como calcular o volume de água para irrigação é essencial para, além de evitar o consumo excessivo, garantir que sua produção receba a quantidade necessária para se desenvolver corretamente.

Assim, é importante saber como fazer esse cálculo, mas também entender a variante para aplicá-lo corretamente em diferentes tipos de culturas.

Consumo de água na cultura

O consumo de água da cultura, ou evapotranspiração da cultura (ETc), nada mais é do que a soma da evaporação da água do solo com a transpiração das plantas.

A expressão usada para realizar esse cálculo é:

  • ETc = Kc. ETo

Nela, temos a seguinte relação:

👉 Kc é o coeficiente da cultura

👉 ETo é a evapotranspiração de referência do dia calculado.

Assim, o ETo representa o consumo hídrico de referência para a região, sendo que para isso é utilizado um cálculo específico, chamado de cálculo da necessidade de água de todas as culturas. Mas, sobre ele vamos falar adiante. Antes, é preciso definir os valores de Kc!

Valores de Kc

O valor de Kc varia de acordo com a cultura e com o período de desenvolvimento.  Sendo que essa variação apresentada nos valores de Kc acontece por diversos motivos, que não são o foco deste texto.

Pois bem, nesse caso, o mais importante a saber sobre os valores de Kc, é:

👉 o Kc Ini (valor do coeficiente de cultura na fase 1), por exemplo, é maior quando se usa cobertura vegetal do solo e quando o intervalo entre chuvas ou irrigações é menor.

👉 o Kc Med (valor do coeficiente de cultura na fase 3) e o Kc Fim (valor do coeficiente de cultura na fase 4) vão depender, principalmente, da cultivar utilizada, das condições atmosféricas e da área foliar da cultura.

Por isso, é necessário ajustar os valores de Kc de acordo com o manejo da planta que você escolheu cultivar. Portanto, considere que essa alteração pode ser feita, até mesmo, através de monitoramento da água no solo.

Cálculo de ETo

Para o cálculo de ETo  é necessário usar a seguinte fórmula:

  • ETo = F . (Tmax – Tmin) . (Tmax + Tmin + 35,6)

Nesta, a letra F corresponde ao coeficiente que depende do dia do ano e Tmax e Tmin são os valores diários das temperaturas máxima e mínima, respectivamente.

Cálculo do tempo de irrigação

Outro cálculo interessante para você que está implementando um sistema de irrigação em sua propriedade é sobre o tempo dessa rega.

Nesse caso, a fórmula utilizada nada mais é do que o TI (tempo de irrigação) igual ao valor do ETCa (acumulado) dividido pela intensidade de aplicação dos emissores. Lembrando que o ideal é adicionar de 10 a 20% no valor do ETca, por conta da desuniformidade de um solo, assim compensando essas falhas.

👉 Exemplo de aplicação do cálculo de TI:

  • Vazão do emissor (microaspersor) = 75 L/h
  • Espaçamento entre emissores (não entre plantas) = 6,0 m x 5,0 m = 30,0 m2
  • Intensidade de aplicação = 75L/h + 30,0m2 = 2,5 mm/h
  • ETc acumulada (ETca) = 16,7 mm + 20% = 20,0 mm
  • Tempo de irrigação (TI) = 20,0mm + 2,5mm/h = 8,0 horas

Economia de água na sua produção com a IRRIGAT

Agora que você já sabe como calcular o volume de água para irrigação, é importante saber também como economizar água na hora de fazer a irrigação e para isso a IRRIGAT tem as melhores dicas.

Precisando investir na economia de água, mas não sabe por onde começar? Então, fale conosco agora mesmo e venha conhecer o sistema de irrigação por carretel IRRIGAT!


Fonte: https://sistemasdeproducao.cnptia.embrapa.br/FontesHTML/Uva/MesaNorteParana/irrigacao.htm