Uso de fertilizantes na irrigação

Uso de fertilizantes: qual a hora certa de aplicar no plantio?

Um solo bem manejado, com aditivo orgânico, é rico em micro e macronutrientes essenciais para o bom crescimento e produção das plantas. Porém, mesmo a plantação bem manejada pode se beneficiar do uso de fertilizantes. A maneira de maximizar esses benefícios é saber quando fertilizar as plantas.

Por isso, separamos este conteúdo para que saiba mais sobre essa técnica. Confira!

Como avaliar a hora certa de aplicar fertilizantes?

Os fertilizantes contêm os blocos de construção para a produção foliar e de frutas, formação de flores e raízes e saúde geral da planta. Em solos pobres, o tratamento é fundamental para o bom vigor da planta.

A aplicação de fertilizante pode ser feita a partir de um banho de solo, fertirrigação, fórmula granular de liberação de tempo, estacas ou pulverização foliar. As plantas precisam de diferentes taxas e proporções de nutrientes em diferentes estágios de crescimento.

Para que os nutrientes estejam disponíveis quando a planta precisar deles, os fertilizantes devem ser aplicados na hora certa. O momento ideal para a aplicação de fertilizantes é, portanto, determinado pelo padrão de absorção de nutrientes da cultura.

Para a mesma cultura, cada nutriente tem um padrão de absorção individual. Por isso, um cronograma de aplicação de fertilizantes para cada tipo de planta é uma ferramenta eficaz.

Quais os sinais de que o plantio precisa da fertilização?

As plantas saudáveis ​​precisam de uma variedade de minerais para um bom crescimento, sendo os mais importantes nitrogênio, fósforo e potássio.

Deficiência de fósforo

A deficiência de fósforo pode fazer com que os nitratos se acumulem na planta, dando-lhe uma aparência verde-escura opaca. O fundo das folhas mais velhas às vezes fica roxo. As raízes crescem lentamente, causando atraso na maturação.

Deficiência de potássio

Depois do nitrogênio, o potássio é o segundo mineral nutriente encontrado no tecido vegetal, embora possa ser maior em algumas plantas. Os sintomas começam com queimaduras nas folhas, pequenas manchas nas margens das folhas.

Falta de ferro

As folhas mais novas ficam amarelas. As veias permanecem verdes no início, enquanto as áreas entre as veias ficam verdes claras, depois amarelo esverdeado. As nervuras perdem a cor e a folha fica amarela ou mesmo branca. Com o tempo, as folhas podem ficar marrons e morrer.

Deficiência de magnésio

As folhas mais velhas ficam amareladas entre as nervuras, começando nas folhas inferiores e avançando para cima. As plantas precisam de magnésio, que geralmente é obtido no solo. Tem que ser adicionado às soluções de plantas cultivadas hidroponicamente.

Deficiência de cálcio

A deficiência de cálcio afeta os tecidos da planta onde ocorre o crescimento. As pontas das raízes e os brotos morrem primeiro. Se o cálcio não for adicionado, o caule começará a morrer, seguido pela planta inteira.

Qual a importância da fertirrigação?

A fertirrigação é um método de aplicação de fertilizante no qual o fertilizante é incorporado na água de irrigação pelo sistema. Neste sistema, a solução fertilizante é distribuída uniformemente na irrigação.

Vantagens da fertirrigação:

  • Nutrientes e água são fornecidos próximo à zona radicular ativa por meio de fertirrigação que resulta em maior absorção pelas lavouras;
  • Como a água e o fertilizante são fornecidos uniformemente a todas as plantações por meio da fertirrigação, há a possibilidade de obter uma produção 25-50% maior;
  • A eficiência do uso de fertilizantes por meio da fertirrigação varia entre 80-90 por cento, o que ajuda a economizar um mínimo de 25% dos nutrientes;
  • Desta forma, junto com menos quantidade de água e economia de fertilizantes, o uso de tempo, mão de obra e energia também é reduzido substancialmente.

Em suma, o uso de fertilizantes para sua lavoura vai depender muito da cultura e da região da plantação. Porém, foram dadas diversas dicas para que você veja qual o tipo de planta que você trabalha e faça a melhor aplicação para que sua colheita seja a melhor de todas.

Gostou do artigo? Então não deixe de seguir nosso canal no YouTube para receber conteúdos atualizados!