fbpx

Como garantir a qualidade da semente da soja

Semente da soja

A semente da soja é uma commodity de grande importância na economia brasileira. Hoje, é o produto que tem a maior parcela de exportação no país, por isso, recebe investimento de muitos produtores.

No entanto, apesar das condições climáticas favoráveis em nosso país, a semente de soja  sofre constantemente com agentes externos durante o seu processo de crescimento, gerando as chamadas sementes verdes.

Em suma, esse pode ser um problema grave, já que as sementes verdes podem inviabilizar toda a venda de uma produção. Por isso, trouxemos todos os agentes que prejudicam a produção da semente de soja e como você pode combatê-los.

O que são as sementes verdes da soja?

As sementes de soja que ficam verdes, é por consequência da incidência de algumas intempéries durante o processo de crescimento da cultura. Em suma, são grãos de cor esverdeada e provenientes do retardo no desenvolvimento da planta.

Os principais agentes nocivos para essa ocorrência são as condições climáticas adversas, o manejo equivocado e a incidência de pragas e doenças.

As sementes ficam com essa coloração por que seu desenvolvimento é prejudicado e o grão não chega a seu estágio final de maturação, o que o torna impróprio para o consumo ou uso para finalidades industriais.

Semente esverdeada
Fonte: Manitoba Pulse Soybean Growers

Agora, vamos abordar com um pouco mais de profundidade os principais agentes do problema e algumas dicas de como você pode proceder caso identifique uma das situações a seguir.

Adversidade no processo de crescimento

Veja as principais causas da semente de soja esverdeada e como podemos agir nessas situações.

Condições climáticas

As principais condições adversas são o estresse hídrico e as altas temperaturas. Esses dois fatores retardam o crescimento da planta e acabam por gerar as sementes verdes, pois as mesmas não recebem a quantidade de água necessária.

Diante disso, um sistema de irrigação é primordial. Com ele, a lavoura de soja receberá a quantidade de água necessária, estará segura quanto às questões climáticassecageada e estiagem, por exemplo — e terá um crescimento pleno, gerando um grão saudável e nutritivo.

Pragas e doenças

Este é um fato um tanto quanto óbvio, mas que merece atenção tanto quanto os demais.

A incidência de pragas não permite que a planta se desenvolva, já que se torna um “alimento” para o agente. Assim, o problema afeta diretamente o crescimento pleno dela e também prejudica o desenvolvimento de sua semente.

Quanto a doenças, podemos chamá-las de inibidores. Normalmente, as doenças impedem que as plantas de uma cultura receba todos os nutrientes necessários, prejudicando o seu desenvolvimento.

Em ambos os casos, o indicado é usar herbicidas para resolver o problema e para evitar que sua cultura volte a ser infestada por doenças e pragas. Além disso, a irrigação também contribui favoravelmente nesses casos, já que a planta fica mais forte para enfrentar qualquer adversidade.

Manejo

O manejo ainda não é uma prática adotada por todos os produtores de soja, porém é uma prática que ajuda — e muito — a fortalecer o desenvolvimento da planta e estar preparado para qualquer adversidade que possa causar as sementes esverdeadas.

Por exemplo, o manejo do solo é uma das ações que mais ajudam na produtividade da soja, já que a terra fica melhor preparada para receber o plantio. Outra questão é o manejo da irrigação, para o melhor aproveitamento do recurso em cada tipo de cultura.

Conclusão

A melhor forma de evitar que as sementes da soja fiquem esverdeadas é com um bom planejamento de recursos e práticas que tornam a planta mais forte para enfrentar qualquer situação externa.

Gostou de nossas dicas? Você encontrará muitas outras aqui, em nosso blog! Acesse e melhore cada vez mais a sua produtividade.