fbpx

As melhores dicas para economizar água e fazer uma irrigação sustentável

O campo mostra um sistema de irrigação sustentável

A água é essencial para a economia e o desenvolvimento social de um país. Então, usar a irrigação sustentável pode trazer diversos benefícios, não somente para o agricultor, mas também para o meio ambiente. Vale lembrar que a economia de água deve ser feita sempre que possível.

 

Para saber como economizar água na agricultura, é importante, primeiro, recordar que esse é um dos setores que mais consome água em seus processos. Segundo a Agência Nacional de Águas (ANA), o setor agrícola é responsável pela utilização de 70% de toda a água tratada no Brasil.

 

Por isso, a economia nesse ramo é muito necessária, ainda mais quando falamos de água. Embora esse recurso seja bastante utilizado, existe uma maneira de fazer uma irrigação inteligente nos plantios, de modo que haja reutilização e economia hídrica nas plantações.

Quais os principais métodos?

Entre os métodos de irrigação, os três principais são: irrigação por superfície, por aspersão e localizada. Além disso, há o sistema de subirrigação, no qual o processo é feito totalmente por baixo das plantações existentes.

 

Na irrigação por superfície, a água está diretamente ligada à superfície do solo. Esse método tem menor custo fixo e operacional, uma vez que utiliza equipamentos simples e menos energia, se comparado com a irrigação por aspersão, por exemplo. Porém, precisa ser bem-planejado, sendo necessário fazer reavaliações frequentes para manter o seu bom desempenho.

 

Já na irrigação por aspersão, os jatos de água jogados no ar caem sobre a plantação. Nesse processo, é possível ocorrer maior adaptação nas condições do solo e mais eficiência na distribuição de água, como o sistema de irrigação por microaspersão. Contudo, os custos de instalação são maiores.

 

Por último, mas não menos importante, existe a irrigação localizada, na qual é aplicado um baixo volume de água, com mais frequência, no sistema de gotejamento. Normalmente, ela é utilizada em solos mais pesados ou arenosos. Esse tipo faz com que haja maior economia de água, mão de obra reduzida e melhor adaptação às condições climáticas.

Por que economizar água na irrigação?

O processo de irrigação é um dos que mais consome água no setor. Com isso, ao longo do tempo, pode haver problemas na hidrologia da superfície e nas regiões do plantio. Você pode se perguntar: “mas a água não será reposta pela chuva?”. Sim, porém, ela é consumida muito mais rápido do que reposta.

 

Por isso, a irrigação sustentável se torna um meio fundamental na agricultura. Afinal, possibilita que os agricultores adotem medidas que ajudem a preservar não somente a água, mas também o solo, fazendo com que a qualidade seja mantida para os próximos ciclos de plantação.

 

A economia de água traz benefício, também, para o meio ambiente. O consumo de água na irrigação agrícola por hectare é em torno de 50 mil litros por dia. No entanto, esse número pode variar, chegando até a 80 mil litros. 

Qual sistema de irrigação escolher?

Para fazer uma escolha assertiva, é necessário se atentar a alguns pontos, além da economia no consumo de água. O equipamento a ser utilizado é um deles, visto que precisa ser específico para o tamanho da área a ser irrigada, evitando desperdícios.

 

Além disso, é preciso investir em um sistema prático, que permita ao agricultor iniciar e parar a irrigação de forma rápida. Existem alguns modelos de carretel de irrigação que podem ajudar nessa atividade, visto se adaptarem a qualquer tipo de solo. 

 

Escolher um sistema que ofereça tudo o que você precisa para praticar a irrigação sustentável é fundamental. Assim, lembre-se de optar por aquele que forneça água na hora, no lugar e na quantidade correta, pois isso influenciará diretamente na eficiência da produção e na redução de custos para o agricultor.

Otimize o sistema de irrigação

Observar outros fatores que otimizem esse sistema é uma parte muito importante, já que a matéria orgânica melhora a capacidade de infiltração da água e também o armazenamento. Essas situações acontecem pela capacidade de ligar as partículas do solo e gerar aglomerados mais estáveis para preservar a porosidade.

 

Por esse motivo, o uso de técnicas que aumentam o teor da matéria orgânica vem se sobressaindo. O plantio de adubo verde (como as leguminosas e as gramíneas)  ou de culturas de cobertura pode auxiliar na conservação e na economia desse recurso. 

 

Outro ponto de otimização para a irrigação sustentável é a reutilização da água da chuva, a partir da criação de reservatórios ou lagoas, para garantir uma boa quantidade de água para os meses de seca. É possível, também, utilizar barris e cisternas, de modo a auxiliar na conservação do meio ambiente e na economia do consumo mensal de água.

Conheça a IRRIGAT

Com o investimento em uma irrigação sustentável, o uso desse método se torna mais responsável, pois reduz os impactos negativos no meio ambiente, garantindo a conservação dos recursos naturais por alguns anos. Vale destacar que essa é uma ação muito eficaz e necessária, principalmente em tempos nos quais esses bens estão em falta.

 

Por isso, a IRRIGAT pensou em cada detalhe, buscando oferecer soluções efetivas que possam ajudar a agricultura. Não sabe por onde começar? Entre em contato conosco que vamos te ajudar a encontrar a solução ideal com o sistema de irrigação por carretel.