fbpx

Qual a importância e quais os cuidados com a irrigação no verão?

saiba tudo sobre a irrigação no verão

A irrigação no verão é um tema que gera dúvidas. Com altas temperaturas e chuvas irregulares, essa estação pode ser um período complicado para os produtores. No artigo de hoje, você descobre a importância da irrigação no verão e os principais cuidados.

Por que é importante cuidar da irrigação no verão?

O verão é historicamente um período onde as chuvas se fazem presente. No entanto, os fenômenos meteorológicos têm impactado de maneira muito negativa a distribuição de chuvas ao longo do ano no Brasil.

O fenômeno climático la niña vem acontecendo com mais intensidade. O la niña esfria as águas do oceano pacífico, e isso até pode ser bom para as culturas de inverno, mas muda drasticamente o clima. Como consequência, vemos fortes chuvas no norte e nordeste brasileiro, enquanto isso, o sul sofre com a estiagem.

Geralmente os efeitos do la niña são vistos nos meses de junho a agosto. Porém, os últimos anos do verão no Brasil, mais precisamente no sul, foram de muita estiagem.

Diante desse cenário, muitos produtores rurais se viram obrigados a procurar por alternativas que suprissem as necessidades hídricas de suas culturas. Juntamente com as altas temperaturas, esse cenário traz insegurança aos resultados no campo.

É nesse cenário que a irrigação se apresenta como uma excelente alternativa para quem deseja controlar e ter uma maior previsibilidade tanto na qualidade quanto na quantidade da produção.

Quais são as culturas que mais sofrem com a estiagem no verão?

As principais culturas de verão no Brasil são o milho e a soja. Apesar de serem afetadas por questões diferentes, ambas as culturas podem sofrer muito com a estiagem. Isso porque a falta de chuva atrasa o plantio da soja, o que pode comprometer toda a safra ou diminuir consideravelmente a produtividade. E os impactos aqui são altíssimos, afinal, só em 2020 o Brasil exportou 83 milhões de toneladas de soja.

Caso o clima fosse diferente e os períodos fossem maiores, a exportação poderia ter alcançado resultados inferiores. Já quando falamos da produção de milho, os riscos no verão são ligados a perda de capacidade produtiva da lavoura.

As perdas na produção podem ser de até 50% em casos de estiagem moderada. Com isso, o valor das sacas despenca e o lucro dos trabalhadores também. Mas, se a intensidade da seca for mais forte, as perdas podem chegar a 100% da produção.

Quais cuidados tomar com a irrigação no verão?

Realizar a irrigação durante o verão exige muitos cuidados e um bom planejamento para o máximo sucesso. Isso porque, como vimos, os eventos climáticos estão trazendo imprevisibilidade ao produtor.

Frente a esse cenário, realizar um planejamento é o primeiro cuidado para se ter com a irrigação no verão. Ao fazer um planejamento, o produtor busca conhecer mais detalhes sobre como estará o clima quando for a hora de realizar o plantio.

A partir daí, o produtor deverá avaliar a intensidade em que ocorrerá a irrigação. Por conta do clima quente, também é preciso adicionar ao planejamento uma frequência para a realização da irrigação.

A melhor maneira de realizar um planejamento assertivo é contar com a ajuda de técnicos e especialistas. Assim, é evitado algum possível erro de cálculo. Por exemplo, se o produtor não busca um amparo técnico, pode irrigar muito a plantação, ou então abastecer pouco o solo com água.

Então, agora que você já sabe como manter os cuidados da irrigação no verão, continue acompanhando o nosso blog para aprender mais sobre esse e outros temas!