fbpx

Conheça as melhores forrageiras para proteger o solo do seu cultivo

Forrageiras

A utilização de forrageiras vem crescendo nos últimos tempos. Atualmente, chega a movimentar cerca de 1,4 bilhões de reais por ano. Sendo assim, é notável que a utilização desse tipo de cobertura para o solo de plantações gera resultados mais satisfatórios para os produtores rurais.

Então, queremos ajudá-lo com essa oportunidade e apresentar as principais informações e benefícios que essas coberturas podem trazer para a sua propriedade. Conheça os tipos de forrageira e por que usá-las!

Nós, da IRRIGAT, trouxemos todas essas informações e muitas outras. Por isso, não deixe de acompanhar a seguir.

Por que utilizar forrageiras?

O motivo da utilização de forrageiras é bem simples, porém esclarecedor: permite uma menor incidência de erosão do solo. Além disso, também ajuda na manutenção de nutrientes e, por consequência, uma maior conservação da qualidade do solo.

Todas essas características geram um consequente aumento de produtividade de qualquer cultura que venha a ser semeada na sequência. Por isso que os produtores estão adotando a prática de usar as forrageiras cada vez mais.

Dito isto, vamos conhecer agora as principais espécies de forragem e suas principais características.

Tipos de forragem

Existem vários tipos de forragem, mas essas três se destacam perante as demais. Vamos a elas:

Crotalária

A Crotalária é uma forragem que tem muitos benefícios. Dentre eles, podemos citar a maior distribuição e manejo de nutrientes no solo, bem como a liberação de uma substância que é um agente combatente de pragas.

Por esse último motivo, ela é considerada uma planta tóxica para humanos e não deve ser utilizada para consumo.

Outra observação importante é sua alta taxa de aceleração de crescimento, o que é um ponto positivo se considerarmos o período da entre-safras.

Brachiária

Essa planta traz um combinho bem interessante, pois além dos benefícios da forragem, é excelente para a utilização de alimentação animal. Ou seja, é um tipo de forragem muito utilizada por diversos produtores rurais que também estão inseridos na criação de animais.

Em geral, apresenta folículos robustos, com altas taxas nutricionais, de enraizamento e fertilidade, além da proporção de cobertura, o que a torna uma excelente opção em comparação com as demais.

Para saber mais dessa forrageira, temos um texto específico sobre a Brachiária, clica aqui e veja mais sobre ela!

Sorgo

A cobertura perfeita para regiões de clima mais seco e com grande incidência de estresse hídrico.

Esse detalhe traz uma grande facilidade para seu plantio, por que é uma cultura que não demanda grandes cuidados, mas traz todos os benefícios que qualquer outra cobertura traz, a tornando uma excelente opção.

Para mais informações, veja o conteúdo completo que fizemos sobre o Sorgo!

Milheto

Combinando com as características das demais espécies, o Milheto é um pasto com baixa necessidade de fertilidade e que tem uma grande função no auxílio da descompactação do solo.

É uma cultura de forragem que possui uma grande resistência à escassez hídrica e, por esse motivo, é muito utilizada em regiões de clima seco e com poucas chuvas durante o ano.

Mas, obviamente, existem muitos outros prós e contras em relação à utilização desse tipo de forrageira. Confira nosso texto dedicado a explicar mais sobre o Milheto e tire todas as suas dúvidas.

A IRRIGAT tem muitas outras dicas sobre o mundo do agronegócio, acesse o nosso site e confira muitas outras como esta!