fbpx

5 dúvidas mais frequentes sobre canhão de irrigação

Campo mostra um ganhão de irrigação

Entre os diversos sistemas dentro dos plantios, o canhão de irrigação é um dos mais utilizados. Esse tipo de equipamento permite que a água seja distribuída uniformemente em toda a área a ser irrigada. Além disso, permite que ela seja espaçada de acordo com o terreno, a vazão e o alcance.

 

O tipo de sistema utilizado é a irrigação por aspersão, na qual a água é jogada no ar e os jatos caem sobre o cultivo. A produção de olerícolas, grãos, pastagens e pomares estão entre as mais beneficiadas pelo equipamento. 

 

A utilização do canhão de irrigação faz com que o terreno receba a água de maneira mais uniforme e, ainda, proporciona um excelente custo-benefício para o produtor. Para ter o melhor uso do equipamento, é preciso conhecer os detalhes do sistema de irrigação e do canhão.

Quais os principais tipos de aspersores?

Atentar-se ao tipo de aspersores é fundamental para ter o melhor uso do produto. Na aspersão convencional, um dispositivo faz o lançamento da água em jatos de diferentes tamanhos por um bocal. Além disso, eles são divididos entre permanentes, semipermanentes, portáteis ou semiportáteis.

 

Na irrigação por pivô central, existe uma base fixa responsável por sustentar a tubulação aérea, pela qual a água passa, sendo, então, lançada por jatos. O equipamento se movimenta por motores elétricos ou movidos a diesel, de forma automatizada.

 

Já na irrigação por microaspersão, o sistema usa diversos pequenos emissores que lançam gotículas de água e proporcionam uma irrigação mais suave e uniforme. Esses produtos têm pressão de cerca de 15 m.c.a. e um raio molhado de 3 metros.

 

Entre os tipos de irrigação por aspersão, temos o autopropelido por carretel, no qual se usa um canhão. Trabalha com a pressão, dando à água efeito de chuva quando jogada sobre o terreno. Ou seja, a irrigação é feita de maneira mais uniforme e abrangente, alcançando um melhor resultado.

Em quais cultivos utilizar?

O canhão funciona muito bem em irrigação pastagem. É possível utilizá-lo em plantações como feijão, mandioca, cebola, brócolis, hortaliças, abacaxi, fumo, melancia, milho, batata, entre outros.

 

A utilização é feita, principalmente, em sistemas que permitem a regulagem de altura. O canhão de irrigação funciona perfeitamente em plantações mais altas, como a de banana, por exemplo. 

 

Além disso, a irrigação por canhão pode ser aplicada para irrigar outros terrenos que não sejam destinados à plantação de alimentos, como estádios de futebol e grandes jardins, por exemplo.

É possível obter financiamentos para irrigação?

O financiamento do canhão de irrigação depende muito das possibilidades do mercado agrícola. Porém, ele é encarado como obtenção de recursos que podem ser usados para a irrigação ou qualquer outra intervenção que o produtor precise para aumentar o faturamento, como a compra de novas máquinas.

 

Para isso, é possível buscar linhas de crédito como PRONAF, PRONAMP e Moderinfra. Cada linha dessas tem limites de valores e condições próprias, por isso, é necessário se atentar ao que é melhor para o agricultor. 

 

Vale lembrar que a redução do custo de operação para esses equipamentos é totalmente positiva, valendo a pena o investimento. Cada vez mais, a inovação tem trazido reduções no custo de aquisição dos equipamentos, tanto para médios quanto para pequenos produtores agrícolas.

Vale a pena para pequenos produtores?

Sem dúvida! É possível utilizar o carretel de irrigação em pequenas plantações. Isso porque o método é um dos mais indicados para quem trabalha com irrigação em pequenas áreas, como os produtores de pequeno porte.

 

O método autopropelido traz o melhor custo-benefício para pequenas e médias propriedades. Além de ser adaptável para a maioria dos solos e culturas, ser automatizado e ter um sistema de distribuição capaz de alcançar 80% de eficiência, um número alto comparado a outros sistemas.

Qual o alcance da área irrigada?

Os equipamentos da IRRIGAT, por exemplo, têm um canhão que atinge uma vazão de 18.200 litros/hora, trazendo mais eficiência. A pressão é de 30 mca, com alcance de até 26 metros e espaçamento usual de 42 metros entre faixas. A faixa usual irrigada é de 0,59 hectare, com tempo de uso entre 2h30 e 12h por faixa irrigada.

 

Além disso, para áreas de pequeno porte o IRRIGATINHO pode ser a solução, pois, atinge 11.800 litros/hora, com pressão usual de 20 mca e alcance de 22 metros. O espaçamento usual entre faixas é de 36 metros e a faixa usual irrigada é de 0,35 hectare, com tempo de 1h30 a 8h por faixa irrigada.

Conheça a IRRIGAT

Sua dúvida sobre canhão de irrigação foi solucionada? Com todas as informações reunidas neste texto, fica mais fácil escolher o melhor método para a sua propriedade. Agora, você pode contar com um sistema eficiente e com preço justo ao seu lado sempre que necessário.

 

Saiba mais sobre os sistemas de irrigação e como esse método pode mudar a realidade do seu cultivo, trazendo inúmeros benefícios para o dia a dia. Entre em contato conosco e entenda como podemos ajudar!