fbpx

A importância da irrigação durante o Inverno

As mudanças climáticas não raramente são capazes de tirar o sono dos produtores. A razão é compreensível: no inverno, especialmente em regiões com incidência de geada, os danos causados à agricultura podem ser bem expressivos, resultando em prejuízos para a produção e, consequentemente, para a rentabilidade.

O que nem todos os produtores sabem, no entanto, é que a irrigação durante os meses mais frios pode fazer enorme diferença na produção, diminuindo a incidência de danos.

A irritação nesses meses é importante uma vez que no inverno que as plantações vivem o período de desaceleração metabólica. Tanto os processos de floração como de desenvolvimento sofrem recuo para que elas possam acumular nutrientes e energias. É esse “descanso” que dá a elas força necessária para florescer no verão e na primavera, ou seja, na safra. Por isso, durante o inverno, é normal que as plantações fiquem mais suscetíveis às ações do tempo, ficando mais frágeis.

E não se engane: mesmo em regiões do Brasil onde as mudanças climáticas entre estações são pouco expressivas e consequentemente o inverno é menos agressivo, como no Centro-Oeste, por exemplo, as plantações seguem esse mesmo ciclo.

Entendendo a importância da irrigação durante o inverno

O prejuízo observado depende muito do tipo de plantação, da intensidade das geadas ou ventos e da própria fase de desenvolvimento que a cultura enfrentará durante os meses mais frios. O mais comum neste período é que as plantas (ou parte delas) sofram congelamento dos tecidos vegetais pela baixa temperatura.

É aí que entra a importância da irrigação no inverno, especialmente no sentido de diminuir os danos da geada. A técnica mais comumente utilizada neste sentido é a de aspersão. No entanto, fique esperto (a): ela precisa ser usada de maneira uniforme e em um momento específico para que a aplicação de água realmente surta efeito.

Benefício da irrigação para as plantações

Ao irrigar o solo nos dias mais frios, a água cria uma espécie de barreira protetora, uma vez que a temperatura precisará congelar antes o que está sobre a planta para depois exercer sua influência diretamente nas folhas.

Uma dica importante é jogar a água sempre para a parte mais baixa do terreno, de modo a garantir que 100% da plantação esteja molhada e protegida das geadas. Desta forma, quando atingidas pelo fenômeno meteorológico, as plantas estarão com a barreira protetora e o estrago será evitado.

Fique atento(a) à previsão

E tem mais: a irrigação no inverno nunca deve ser realizada apenas no dia que antecede uma previsão de geada ou, ainda, durante a ocorrência do próprio fenômeno. O recomendado é que a atitude seja tomada de maneira preventiva, ou seja, dias antes da geada e repetidamente.

Nesse sentido, recomendamos que o produtor esteja sempre por dentro da previsão meteorológica e de possíveis fenômenos que possam atrapalhar suas plantações. Lembrando que o mais fácil cuidado é o preventivo, além de ser também o mais econômico.

Agora você já sabe a importância da irrigação durante os meses mais frios, especialmente quando há incidência de geada na sua região.