fbpx

Qual é a importância da irrigação para a qualidade e a lucratividade da lavoura?

homem mexendo em um plantio mostrando a importância da irrigação

Apesar de a agricultura contribuir fortemente para a economia e ser fundamental para a produção de alimentos no mundo todo, ainda há produtores agrícolas que não entendem a importância da irrigação para a produtividade na lavoura. 

De acordo com a última edição do Atlas Irrigação, elaborado pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), o país tem 8,2 milhões de hectares irrigados e fertirrigados. Contudo, o Brasil apresenta capacidade para alcançar até 55 milhões de áreas irrigadas. 

Devido às vantagens, é fundamental compreender que a aquisição de equipamentos de irrigação deve ser pensada como um investimento para a produção, e não como um gasto desnecessário. Afinal, é possível melhorar a safra e aumentar os lucros quando a plantação conta com esse sistema. Veja a seguir. 

Qual é a importância da irrigação para a lavoura?

Independentemente do tipo de irrigação, esse sistema pode ser responsável por uma produção agrícola lucrativa, pois, a depender do cultivo, a falta de água pode impactar o desenvolvimento da planta, o que resulta em uma safra de baixa qualidade. Continue a leitura. 

Reduz a dependência da chuva natural

Quem trabalha no campo deve ter notado que o ciclo de chuvas vem se alterando com o passar dos anos. Por causa dos períodos de estiagem, produtores agrícolas de soja, milho e outros grãos têm sofrido os impactos da seca.

No início de 2022, apenas nos estados do Sul do país e parte do Mato Grosso do Sul, o governo federal estimou uma perda de R$ 47 bilhões devido à seca prolongada. Esse dado evidencia a importância da irrigação na agricultura, justamente para a lavoura não depender da chuva natural para a produtividade. 

Ajuda no controle hídrico da planta

Cada tipo de planta precisa de uma quantidade certa de água para se desenvolver em cada etapa de crescimento. Dessa forma, é recomendado que o produtor agrícola faça a rega da planta de acordo com as necessidades do solo e do cultivo. 

Esse manejo pode ser mais bem aproveitado por meio dos métodos de irrigação. Assim, o produtor pode identificar quais áreas da lavoura precisam de uma quantidade maior de água, aumentando a exploração e a produtividade da plantação.

Ademais, a irrigação inteligente tem sido apontada como um dos destaques da chamada Agricultura 4.0, justamente por viabilizar, com precisão, as necessidades hídricas de cada tipo de cultivo, por meio de coleta e análise de dados. 

Diminui a erosão do solo

A erosão é responsável pelo desgaste do solo e, em alguns casos, pode torná-lo improdutivo para a plantação. Apesar de ser um processo natural, algumas medidas podem ser colocadas em prática para evitar esse problema.

A erosão do solo também serve para ilustrar a importância da irrigação, que garante que o solo receba a quantidade de água adequada, sobretudo em áreas localizadas em ladeiras. A manutenção do solo com uso da irrigação pode ser potencializada com a aplicação de nutrientes por meio da fertirrigação

Por que investir em um sistema de irrigação? 

Nos últimos anos, ampliaram-se os esforços para tornar menos burocrática a instalação de novos açudes e barragens, bem como conscientizar os produtores agrícolas quanto à importância de investir em estruturas para fornecer água às lavouras de forma sustentável e eficiente.

Além de proteger da seca, a irrigação aliada às técnicas de agricultura de precisão, ajuda a elevar a produtividade. O volume da colheita por hectare costuma crescer 10% em áreas irrigadas, mesmo quando chove normalmente.

A importância da irrigação foi entendida pelo agricultor Paulo Cezar Grando. Após uma colheita, ele decidiu investir em um pivô de irrigação para atender a uma área maior na propriedade de 600 hectares em Passo Fundo (RS). Com o investimento, cerca de 30% da propriedade passaram a ser irrigados e, consequentemente, produtivos.

“Sempre pensei em investir, mas era muito caro. Hoje os equipamentos estão mais acessíveis, e a rentabilidade da safra me permitiu fazer o investimento”, explica o produtor agrícola, um dos clientes da IRRIGAT.

A importância da irrigação também foi notada pelo produtor de milho Érico Toniollo, de Viamão (RS), que adquiriu o sistema de irrigação por carretel IRRIGAT e viu a produtividade aumentar de 12 para 30 toneladas por hectare.

Conheça os sistemas de irrigação IRRIGAT 

Agora que você entende qual é a importância da irrigação, conte com a IRRIGAT para levar esse equipamento para a sua lavoura. Atuante no segmento agrícola há mais de 30 anos, a empresa fornece sistemas completos voltados para irrigação e fertirrigação de diferentes culturas e topografias. 

No catálogo, os pequenos e médios produtores e criadores podem usar o IRRIGAT, carretel de irrigação com capacidade de irrigar lavouras de 3 a 20 hectares. Já o IRRIGATINHO atende a plantações de até 5 hectares. 

Já o ECOIRRIGAT é uma solução que permite otimizar o trabalho no campo, com a fertilização por meio da irrigação. Independentemente das configurações, todos os equipamentos são fáceis de instalar e manusear no terreno. Além disso, demandam manutenção simples.

Os equipamentos IRRIGAT conferem ao empresário agrícola economia de tempo e mão de obra, aumento da produtividade e otimização do trabalho no campo, além de evitar a compactação do solo e permitir a utilização eficiente da água na lavoura. 

Em virtude dessas e de outras vantagens, o equipamento de irrigação é um investimento valioso para a produção agrícola. Ficou interessado? Acesse este link e solicite a sua proposta com um consultor IRRIGAT.