fbpx

Crambe: uma ótima opção para o inverno na rotação cultural

Crambe

O crambe é uma oleaginosa, que vem chamando a atenção dos produtores aos pouquinhos aqui no Brasil.

Isso porque ele é uma cultura de inverno, ou seja, uma opção interessante para quem faz a rotação de culturas e procura por uma alternativa rentável na safrinha, principalmente por gerar um produto diferente e com menos competitividade no mercado.

Vem conhecer mais sobre essa planta e suas possibilidades!

O que é crambe?

O crambe é uma planta da família das oleaginosas. Por exemplo, é parente das conhecidas canola, mostarda e repolho. Mas, também é conhecida por outros nomes, como couve abissínia ou etíope e mostarda abissínia.

Entre suas principais características, temos:

  • altura: de 60cm a 1m;
  • superfície das folhas: lisa;
  • formato das folhas: ovalado;
  • sistema radicular: pivotante;
  • produção: anual;
  • ciclo: de 85 a 100 dias;
  • fruto: verde na fase inicial, amarelado quando desenvolvido totalmente;
  • sementes por fruto: uma;
  • tamanho das sementes: de 0,8mm a 2,5mm;
  • teor do óleo: a semente tem, em média, 38% de teor de óleo.

Como o crambe é rentável?

Apesar do óleo do crambe não ser recomendado para o consumo humano, ele é comercializado para outros tipos de uso. Por exemplo, nos mercados de:

  • lubrificantes e anticorrosivos industriais;
  • produção de borracha sintética;
  • fabricação de nylon;
  • fabricação de plásticos;
  • componente de alguns produtos na indústria farmacêuticas;
  • componente de alguns cosméticos.

Ademais, o crambe também pode ser rentável se usado em produtos destinados a alimentação de ruminantes, que utilizam esse óleo como um dos componentes.

💡 Importante: o crambe não é indicado para animais não-ruminantes, por conter uma substância tóxica a eles, chamada de glucosinolatos.

Quais as vantagens e desvantagens de cultivar o crambe?

Apesar do crambe ser uma cultura de plantio fácil e com boas chances de ser rentável em produções de inverno, é preciso balancear seus prós e contras na hora de escolher. São eles:

✅ VANTAGENS ✅

❎ DESVANTAGENS ❎

É um dos plantios de safrinha com maior potencial produtivo. Ainda, entre as culturas de inverno de custo mais baixo, com cultivo simples e que dispensa maquinários. Por ser uma cultura que ainda está sendo explorada no Brasil, não há tantos detalhes sobre algumas técnicas, como adubação, armazenamento e controle de pragas.

O crambe precisa de irrigação?

Sim. Por ser uma cultura de inverno, é preciso considerar as condições da sua região neste momento do ano, com as geadas e a estiagem. Sendo assim, a irrigação é uma garantia de produtividade que vai muito além da seca.

Para entender melhor sobre essas questões, nós temos vários textos em nosso blog com dicas sobre irrigação e soluções que ela traz para diversas situações. No caso do cultivo do crambe, indicamos as seguintes leituras: