fbpx

Área irrigada no Brasil aumenta em 2020, entenda o motivo

As áreas irrigadas no Brasil estão em uma constante de crescimento desde os meados dos anos de 1980, e tiveram um aumento ainda mais impressionante entre 2010 e 2020.

Há uma série de motivos que impulsionaram, e continuam a movimentar, o crescimento dessa realidade.

A Câmara Setorial de Equipamentos de Irrigação (CSEI), da ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos), divulgou que a área irrigada no Brasil aumentou em 2020 e ainda revelou alguns panoramas deste momento do setor.

Área irrigada no Brasil aumenta 18,96% em 2020

Ao longo do ano de 2020, foram somados 249.225 mil hectares à área irrigada existente no Brasil, um crescimento de aproximadamente 19% maior que o do ano de 2019, quando o acréscimo foi de 209.500 mil hectares.

O total de áreas irrigadas chegou a mais de 6 milhões de hectares.

Nos últimos 20 anos, a área de plantio irrigada presente no Brasil passou por um crescimento de cerca de 120%, segundo os dados compartilhados pela Abimaq. Em 1999, o total das terras brasileiras que utilizavam irrigação era de aproximadamente 2,9 milhões de hectares.

Um aumento que se reforça a cada ano desde 1980 quando as áreas irrigadas passaram a ter um aumento de 50 mil hectares por ano, e na década de 1990 o incremento passou a ser de 100 mil hectares por ano.

Quais técnicas são adotadas neste aumento

Os dados mais recentes revelam ainda a divisão dos tipos de técnicas de irrigação empregadas pelos novos usuários dos sistemas.

Dos mais de 249 mil hectares que passaram a usar sistema de irrigação:

  • 117 mil são de irrigação por aspersão com pivô central;
  • 78,8 mil são de irrigação localizada por gotejamento ou microaspersão;
  • Mais 37.200 mil são hectares de irrigação por aspersão convencional, fixa, tubo PVC ou canhão;
  • 16,2 mil são de irrigação por aspersão com carretel.

A irrigação por aspersão com carretel foi a que apresentou o maior aumento, com incremento de cerca de 30%, enquanto as demais tiveram uma média de 20% de aumento.

O que levou a área irrigada a aumentar

Entre os fatores que colaboram para esse crescimento significativo, podemos elencar a alta das commodities e a desvalorização do real frente ao dólar ao longo de 2020.

O desenvolvimento de novas tecnologias e o despertar dos produtores rurais para a necessidade de investimento nessa área também colaboram diretamente, afinal, dos maiores aos menores terrenos, e nas diversas áreas do país, os proprietários de terra estão percebendo os benefícios da adoção do sistema de irrigação.

Além disso, o Ministério da Agricultura também tem se dedicado a divulgação das benesses do sistema por meio de um programa de expansão e aprimoramento do desenvolvimento da agricultura irrigada no país, que visa aumentar dos atuais 6 milhões para 11 milhões de hectares o total de áreas de plantio irrigadas no país.

Um importante crescimento, que embora ainda esteja longe dos 70 milhões de hectares irrigados China, já pode apresentar uma produção mais constante e a redução do desperdício de produtos e água, além de fomentar a geração de empregos.

O Brasil dispõe de 14% da água potável do mundo, um clima que em geral colabora com a agricultura, e potencial para plantar em larga escala sem a necessidade de desmatamento e prejuízo às florestas, além de diversas soluções e empresas sérias que oferecem os produtos necessários para a implementação dos sistemas de irrigação.

Um panorama que aponta para um crescimento futuro ainda maior das áreas irrigadas no país.